O que é minimalismo?

Minimalismo é uma forma de viver sem excessos e distrações para se concentrar no que importa: nas coisas essenciais da vida. E que o que importa para cada um pode ser diferente, por isso, o minimalismo, não pode ser visto como um conjunto de regras e quantidades de itens que alguém deve ter para viver.

Normalmente, o primeiro passo de quem adere a um estilo de vida minimalista é o “destralhe”, ou seja, o exercício de desapegar-se das tralhas que roubam espaço, tempo e energia mental por termos que nos preocupar com elas.

O desafio para muitas pessoas ao ingressar no minimalismo é o impacto que pode ser gerado nas pessoas que convivem com ela, ou seja, os que dividem o mesmo teto mas não estão dispostos a entrar na brincadeira do “destralhe”.

O que fazer neste caso?

Comece pelos ambientes e coisas que você tem autonomia. No minimalismo, assim como qualquer outra mudança de estilo de vida e valor, não é para tentar mudar os outros, forçando a barra para que as pessoas sigam a nossa mudança, deve começar por nós, mudando tudo o que está ao nosso alcance gradativamente.

Como exemplo, as áreas que temos mais autonomia são a nossa mesa de trabalho, nosso quarto, nosso guarda-roupa e outras coisas que sejam nossas e estejam espalhadas em algum lugar da casa ou do trabalho. É claro que, se você mora sozinho, o processo “teoricamente” fica mais fácil, pois você terá liberdade para dar uma geral no seu espaço.

Nos próximos textos, darei mais dicas do que fazer e de como o minimalismo funciona em diversas áreas da vida e seus benefícios. Por enquanto, saiba que minimalismo é reduzir tudo o que “rouba” nosso tempo e espaço sem gerar valor. É adotar um estilo de vida mais leve que equilibra o ter com o ser.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on reddit
Share on email

Os pontos de vista expressos neste artigo são de responsabilidade do(a) autor(a).

Comentários

Deixe um comentário

Você também pode gostar